Maceió lança projeto “Educar é Massa” gratuitamente visando provas do Enem

Últimas vagas para aulão de domingo estão disponíveis no www.educaremassa.com.br

   Começou neste sábado (30), o pré-vestibular Educar é Massa, o maior preparatório gratuito para o Enem 2023, voltado para alunos e ex-alunos da rede pública de ensino de Alagoas. Quase 300 alunos compareceram no cinema do Pátio Shopping, no Benedito Bentes, para acompanhar o primeiro dia de aulas com os melhores professores de isoladas do Estado.

O pré-Enem Educar é Massa é promovido pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Ainda restam algumas vagas para quem quiser a oportunidade de participar das aulas presencialmente, e as inscrições devem ser feitas no www.educaremassa.com.br. Para os alunos que residem na parte alta e querem participar da ação aos domingos, no Contato Jatiúca, a Semed está disponibilizando ônibus saindo às 7h do shopping Pátio.

A abertura do preparatório contou com a presença do secretário municipal de Juventude e Lazer, Caio Bebeto, e da superintendente de Governança Municipal e Gestão Interna da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Marcelle Telles, representando a secretária Jó Pereira.

A iniciativa vai beneficiar diretamente mais de 650 alunos de todas as idades, presencialmente, e milhares de alunos em todo o Estado, já que aulas são transmitidas também ao vivo pelo YouTube da Prefeitura de Maceió.

Uma das estudantes presentes neste sábado é Lucia Neves, que aos 54 anos, acordou cedo para não perder um minuto de aula e mostrou que não há idade para ingressar no Ensino Superior e que é sempre possível realizar sonhos. Buscando ingressar em uma universidade para estudar Terapia Ocupacional, ela fala da oportunidade única ofertada pela prefeitura.

“Eu estou muito feliz porque eu quero aprender mais, só tenho a agradecer por essa oportunidade que a prefeitura está nos dando. Tem mais de 10 anos que estou fora de uma sala de aula. Fica complicado, porque não tenho condições de pagar um cursinho. Então, eu vou aproveitar cada palavrinha que sair da boca dos professores” revelou Lucia Neves.

Já Vinicius Regis, de 20 anos, vai fazer a prova do Enem pela primeira vez. Formado no Ensino Médio pelo Instituto Federal de Alagoas, viu no pré-vestibular Educar é Massa uma chance indispensável.

“Eu fiquei sabendo através de uma amiga. Então aproveitei a oportunidade porque é uma coisa muito boa, gratuita e com a qualidade de algo pago. Espero que eu consiga tirar o máximo de proveito dos conhecimentos, assimilá-los”, pontuou o estudante que deseja ingressar no curso de Ciências da Computação.

O Pré-vestibular Educar é Massa segue neste domingo (1°) no auditório do Colégio Contato, na unidade Jatiúca. Os encontros acontecerão durante cinco finais de semana seguidos.

O Educar é Massa possui um esquadrão de professores renomados de Alagoas, nas áreas de exatas, humanas, biologia e redação. São eles, em ordem alfabética: Antônio Júnior, Ayrton Farias, Beto Brito, Born, Bruninho, Deividy Carlos, Eyder, Gian Brito, Giuliano Raposo, Jaguar, João Gomes, Josivaldo, Kedimo, Luiz André, Moacir Gama, Phillipe Alves, Ricardo Correa, Solon Ramos, Tainan Costa e Walder Nunes.

O secretário Caio Bebeto parabenizou a secretária de Educação de Maceió, Jó Pereira, e a equipe da Semed por ter dado vida a esse projeto de tanta importância, que vai beneficiar milhares de estudantes em Alagoas.

“Muito feliz de estar aqui hoje em um projeto que foi pensado pela secretária Jó Pereira, e deixo aqui meus parabéns. A gente sabe da correria, mas deu certo, esse é o início, o pontapé de um momento muito importante na vida de vocês. Quero parabenizar a todos que vieram pra cá em um sábado de manhã, e isso não é fácil, é realmente pra quem está sonhando”, afirmou.

Marcelle Telles deixou um recado de incentivo aos estudantes do pré-vestibular, que futuramente ocuparão vagas em espaços públicos. “A Educação e a Juventude têm caminhado juntas para vocês, para contribuir com a chegada de vocês nessa vaga sonhada em uma universidade, especialmente se for pública. E futuramente em outros espaços como no Judiciário, nos hospitais, lembrando que agora temos, em Maceió, o Hospital da Cidade. Então nós estamos juntos por Maceió e pelo futuro de vocês”, concluiu.

Julita Bittencourt /Ascom Semed

Estudantes lotaram o primeiro dia do aulão. Fotos: Thony Nunes/Ascom Semed

Tags:

Comentários

Rolar para cima